Zelando pela sua saúde

Conheça nossas especialidades

  • Cirurgia de Cabeça e Pescoço

    Esta é uma especialidade cirúrgica que trata principalmente dos tumores benignos e malignos, bem como de doenças congênitas da região da face, olhos e órbita, fossas nasais, seios paranasais, boca, faringe, laringe, tireóide, glândulas salivares, da paratireóide e tumores da pele e do couro cabeludo. A área de trabalho do cirurgião de cabeça e pescoço não abrange os tumores ou doenças do cérebro e outras áreas do sistema nervoso central e nem as da coluna cervical.

    Dentre os procedimentos diagnósticos realizados, destacamos a faringolaringoscopia e a nasofibroscopia, com a finalidade de examinar, avaliar e, eventualmente, biopsiar lesões da laringe, faringe, cavidade nasal e as punções biópsias de massas cervicais e tireóide.

     

    DR. FERNANDO COGO MANDUCA

    Cirurgião de Cabeça e Pescoço

    CREMERS 37934 / RQE 31990

     

  • Cirurgia Vascular e Angiologia

    O Cirurgião  Vascular é o médico responsável  pelas doenças  que acometem os sistemas arterial, venoso e linfático. Embora seja conhecido mais pelo tratamento de varizes, vasinhos e microvarizes  isso é apenas uma parte dessa ampla especialidade e se deve ao fato das varizes serem muito prevalentes em nossa população e possuirem um aspecto estético importante.

    O angiologista é o médico responsável pelas doenças clínicas vasculares que não necessitam de cirurgia. Portanto as duas subespecialidades estão intimamente relacionadas, sendo o cirurgião vascular apto a tratar clínicamente das doenças vasculares não cirúrgicas.

    O Cirurgião Vascular pode utilizar-se ainda de técnicas minimamente invasivas para realizar procedimentos cirurgicos. As novas técnicas endovasculares fornecem uma perspectiva diferente para os pacientes, com tempo de recuperação mais rápido, incisões menores ou ausentes, menos tempo de UTI, internações mais rápidas e outras vantagens.

    Além disso, faremos tratamento de varizes sem a necessidade de incisões, uma técnica chamada de termoablação, realizada por punção, diminuindo o tempo de recuperação e reduzindo drasticamente as cicatrizes pós-cirúrgicas, sendo o único na cidade a realizar tal procedimento.

    Dr Maurel Bergoli Dal Cero

    CRM 37518 - Cirurgia Geral (RQE 31802), Cirurgia Vascular(RQE 31928) 

  • Clínica do sono

    A Clínica do Sono está voltada para o diagnóstico e tratamento das doenças do sono. Em uma estrutura confortável, dispõe de equipamentos de alta tecnologia e uma equipe capacitada a oferecer um atendimento diferenciado e humanizado.

    Os distúrbios do sono são todas as dificuldades relacionadas ao sono, incluindo a dificuldade de adormecer ou de permanecer adormecido, dormir em momentos inapropriados, tempo total de sono em excesso ou comportamentos anormais relacionados ao sono.

    Os testes variam e dependem do distúrbio do sono específico. Pode-se realizar um estudo do sono (polissonografia).

    A qualidade do sono influencia muito nossa vida. Geralmente a sonolência excessiva que é sentida durante o dia é o reflexo de uma noite mal dormida ou mesmo de algum distúrbio do sono que é desconhecido pela pessoa.

    MÉDICOS:

    Dr. Edson Luiz Maluta - CRM 20603  - RQE 9435

    Dr. Gustavo Uggeri Rodrigues - CRM 27585  - RQE 20833

  • Dermatologia

    O dermatologista é o médico especialista no diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças da pele, pelos, mucosas, cabelos e unhas. São mais de 3 mil doenças dermatológicas que afetam a pele de crianças, adultos e idosos.

    O dermatologista atua no diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças, além de orientar sobre cuidados gerais, solucionar problemas cirúrgicos, estéticos, e trabalhar na manutenção da beleza da pele.

     

    Veja alguns dos tratamentos oferecidos na nossa clínica:

     

    DERMATOLOGIA CLÍNICA

    Acne

    Análise de nevos (pintas)

    Dermatite atópica

    Dermatite de contato

    Dermatite seborreica

    Dermatologia pediátrica

    Dermatoscopia

    Dermatoses virais 

    Hemangioma

    Hiperidrose (suor excessivo)

    Lúpus cutâneo

    Melasma

    Micoses

    Psoríase

    Queloide

    Rosácea

    Tricologia (calvície e queda de cabelo)

    Unhas frágeis

    Urticária

    Verrugas

    Vitiligo

     

    DERMATOLOGIA ESTÉTICA

    Microagulhamento e Drug delivery

    Peelings químicos

    Preenchimento e volumização (MD Codes, Sculptra, Radiesse, Ácido hialurônico)

    Rejuvenescimento facial

    Skinbooster

    Toxina botulínica

    Tratamento cirúrgico de celulite

    Tratamento de cicatrizes de acne

    Tratamento de estrias

    Tratamento de manchas

    Tratamento de olheiras

     

    DERMATOLOGIA CIRÚRGICA

    Biópsias cutâneas

    Câncer de pele

    Cauterização

    Cirurgia das unhas

    Crioterapia e criocirurgia

    Curetagem da pele

    Dermatoscopia

    Infiltrações intralesionais

    Reconstrução de lóbulo da orelha (orelha rasgada)

    Retirada de nevos (pintas)

    Retirada de cisto epidérmico

    Retirada de xantelasma

    Tumores benignos

     

    Dra Lívia Bernardi Scheneider Bernardi - Dermatologista

    CRM/RS: 32649

    RQE: 36026

     

  • Fonoaudiologia

    A Fonoaudiologia é uma área da saúde que tem como principal objeto de estudo a comunicação humana. Conforme a Lei Federal 6965/81, que regulamenta a profissão, o Fonoaudiólogo é o profissional, com graduação plena em Fonoaudiologia, que atua em pesquisa, prevenção, avaliação e terapia fonoaudiológicas na área da comunicação oral e escrita, voz e audição, bem como em aperfeiçoamento dos padrões da fala e da voz.

    A audição é uma das área da Fonoaudiologia, em que o fonoaudiólogo é o profissional responsável por realizar a avaliação audiológica através dos seguintes exames:

    • Audiometria tonal liminar;
    • Medidas de imitância acústica;
    • Emissões otoacústicas;
    • Avaliação comportamental;
    • Potenciais auditivos evocados;
    • Avaliação vestibular;
    • Avaliação do processamento auditivo;
    • Reabilitação auditiva através da seleção, indicação e adaptação de aparelhos auditivos, programação do implante coclear e reabilitação vestibular.    

    FONOAUDIÓLOGAS: 

    Fga. Aline Marques GiordaniCRFA 7877 - Fonoaudióloga

    Fga. Me. Paula MarchettiCRFA 8727 - Fonoaudióloga

    Fga. Dra. Sônia BortholuzziCRFA 0079 - Fonoaudióloga
     
     
  • Neurologia

    Neurologia é a especialidade médica que trata dos distúrbios estruturais do sistema nervoso. Especificamente, ela lida com o diagnóstico e tratamento de todas as categorias de doenças que envolvem os sistemas nervoso central, periférico e autônomo, incluindo os seus revestimentos, vasos sanguíneos, e todos os tecidos efetores, como os músculos. O correspondente cirúrgico da especialidade é a neurocirurgia.

     

    Dr. José Otávio Dworzecki - CRM 25479 / RQE 19588 - Neurologista

    Dr Jeber Sartori El Amma - CRM 28614 - RQE 20670 - Neurologista

  • Neurocirurgia - Cirurgia da Coluna

    O neurocirurgião trata de diversas doenças que acometem o sistema nervoso central e periférico.

    A avaliação do neurocirurgião é sempre importante para descartar a possibilidade de tratamento cirúrgico de algumas doenças.

    A Cirurgia de Coluna e está diretamente relacionada a Traumas, doenças degenerativas (artrose, bico de papagaio, hérnia de disco...)e doenças congênitas (escoliose, desvios).

     

    Dr. Matheus Pintos Brunet - CRM 36200

    CRM 36200 / RQE 30283- Neurocirurgia - Cirurgia da Coluna

  • Oftalmologia

    A Oftalmologia  Z tem como objetivo  Zelar  pelo bem estar e a saúde ocular de seus pacientes, oferecendo modernos exames de diagnose e tratamento.

    Entre os modernos exames oferecidos estão:

    • Topografia computadoriza de córnea
    • Microscopia especular 
    • Paquimetria computadorizada
    • Campimetria computadorizada
    • Biometria computadorizada
    • Retinografia colorida
    • Biometria computadorizada
    • Yag laser ( Capsulotomia e Iridotomia ).

    (Clique na imagem para ampliar)

    Oferecemos adaptação de lentes de contato. Inclusive lentes especiais para ceratocone.

     

    (Clique na imagem para ampliar)

    Realizamos  tratamento cirúrgicos de catarata com facoemulsificação e cirurgias refrativas ( correção miopia, astigmatismo e hipermetropia ) com Excimer Laser Schwind Amaris.

     

     

    CORPO CLÍNICO DA OFTALMOLOGIA Z:

    Dra. Cátia Potira Dal FornoCRM 23095 -  RQE 23601 - Oftalmologista

    Dra. Theniza M. Uggeri KitagawaCRM 23025  -   RQE 19731 - Oftalmologista

    Dra Luísa Gazzola - CRM/RS: 39517 / RQE: 35036 - Oftalmologista

  • Otorrinolaringologia

    A estrutura em Otorrinolaringologia da Clínica Z tem como meta proporcionar, em um único local, todos os serviços relacionados ao diagnóstico e tratamento das doenças de ouvidos, nariz e garganta, oferecendo um ambiente confortável, amplo  e  excelência no  atendimento ao cliente.

     

    Atua nos seguintes segmentos:

    • Audiometria e Impedanciometria: avaliação auditiva;
    • Cirurgia de Ouvido;
    • Otoemissões Acústicas: Teste da orelhinha no recém-nascido;
    • Videoendoscopia do nariz e da garganta (Nasossinusal, Orofaringe e Laringe);
    • Video estroboscopia de vias aéreas superiores;
    • Clinica do Sono: Tratamento e exame do sono, diagnóstico e tratamento do ronco apnéia do sono(polisonografia);
    • Vectoeletronistagmografia/BERA/ECHO G: Exames de labirintite;
    • Colocação de aparelhos auditivos da marca STARKEY;
    • Tratamento e cirurgias do nariz e seios da face (sinusite);
    • Estética Facial: BOTOX, PEELING, preenchimento de Sulcos e Rugas;
    • Cirurgias estéticas Faciais: Frontoplastia, Palpebras, Nariz, orelha;
    • Tratamento e cirurgias de cabeça e pescoço;
    • Tratamento de distúrbios da voz;
    • Diagnóstico e tratamentos  para distúrbios do Labirinto;
    • Alergias respiratórias.

     

    Outros Serviços/especialidades relacionadas:

    São as especialidades que em muitos casos são trabalhadas junto com a otorrinolaringologia, por ter a relação nos diagnósticos e tratamentos:

    • Fonoaudiologia;
    • Protetização auditiva;

    MÉDICOS:

    Dra. Aline Gaiotto Maluta - CRM 38862 / RQE 32592- Otorrinolaringologista

    Dr. Edson Luiz Maluta - CRM 20603 / RQE 9435 - Otorrinolaringologista

    Dr. Gustavo Uggeri Rodrigues - CRM 27585 / RQE 20833 - Otorrinolaringologista

     

  • Psicologia Cognitivo-Comportamental

    A Psicologia Cognitivo-Comportamental (TCC) é uma abordagem de terapia utilizada pelo psicólogo e considera três princípios básicos: o pensamento afeta o humor e o comportamento; o pensamento pode ser monitorado e alterado; mudanças no humor e no comportamento desejado podem ser efetuadas por meio de mudanças no pensamento. A Psicologia Cognitivo-Comportamental é uma das poucas formas de tratamento psicoterápico baseado em evidências.

    Para haver a mudança comportamental é necessário reestruturar o modo de pensar, modificando o sistema de crenças que o indivíduo estabeleceu ao longo da vida. Nos diversos transtornos psicológicos o indivíduo apresenta crenças que, em função da sua patologia, estão disfuncionais, ou seja, não estão de acordo com a realidade. À medida que aprendem a reavaliar (através de testes de evidências) esses pensamentos/crenças de forma mais adaptativa, há uma melhora no seu quadro dos sintomas. Esse tratamento é de certa forma, educativo; pois ensina o paciente a ser seu próprio terapeuta e enfatiza a prevenção de recaída.

    O tratamento tem foco em questões atuais, e envolve um conjunto de técnicas e estratégias terapêuticas que visam à modificação de pensamentos e comportamentos inadequados. A Terapia Cognitivo-Comportamental enfatiza a colaboração e a participação ativa, o paciente é encorajado a decidir sobre quais os problemas quer falar, identificando as distorções do seu pensamento, resumindo pontos importantes da sessão e planejando a prescrição dos exercícios a serem realizados em casa até o próximo encontro com o terapeuta. Em vista dessa estrutura, podemos organizar as sessões em: parte introdutória (verificação do humor, examinar rapidamente a semana e definir pauta da sessão); parte intermediária (examinar exercício de casa, pauta, novos exercícios, resumo) e parte final (feedback).

    Desde a infância é possível desenvolver ideias negativas, distorcidas da realidade, equivocadas pela percepção que temos sobre os eventos de nossas vidas. Tais ideias se enraízam em nossa mente e são incorporadas como verdades absolutas e geram sofrimento psicológico ao longo dos anos da idade adulta.

    Essas ideias são chamadas, na Terapia Cognitivo-Comportamental, de crenças centrais. Elas podem ser de desamparo, desamor e desvalor.

    Na crença de desamparo, a pessoa tem uma certeza (irracional/inconsciente) de que é incompetente e sempre será um fracassado. Na crença de desvalor, a pessoa acredita ser inaceitável, sem valor algum, e tendem a se fortificarem quando a pessoa foca sua atenção para os dados que confirmam sua visão negativa e não conseguem perceber as situações da vida com outro ponto de vista mais positivo. Na crença de desamor, a pessoa tem a certeza (irracional/inconsciente) de que será rejeitada. Esse processo ocorre involuntariamente e automaticamente, gerando sofrimento psicológico e/ou transtornos psicológicos significativos como a depressão, ansiedade, transtornos alimentares e abuso de substâncias.

    Essas crenças podem ser: em relação a si mesmos (citado acima); em relação aos outros, quando estes são categorizados de maneira inflexível. São vistos como desprezíveis, frios, prejudiciais, ameaçadores e manipuladores. Também é possível desenvolver uma crença positiva em relação aos outros e em detrimento de si mesmo: as pessoas são superiores, muito eficientes, amáveis e úteis (diferente de si). Em relação ao mundo, quando o percebe injusto, hostil, imprevisível, incontrolável, perigoso.

     

    Com essas ideias na mente, a pessoa vai criando estratégias compensatórias para lidar com o sofrimento que a crença causa quando é ativada nas relações sociais, ocupacionais, familiares e amorosas. Tais estratégias podem ser desadaptativas trazendo desajustes emocionais. Muito importante é estar atento aos pensamentos automáticos, ou seja, processamento de informações emocionais equivocado, onde nossos esquemas mal-adaptativos distorcem a realidade gerando tal sofrimento.

    Então, como é possível libertar-se dessas crenças e pensamentos automáticos? O primeiro passo é estar consciente de tais distorções. Somente a partir dessa nova percepção é que é possível operar mudanças. E neste sentido, a Terapia Cognitivo-Comportamental possui instrumentos e técnicas para habilitar a pessoa a desativar suas crenças e esquemas mentais, proporcionando assim, mudanças de pensamentos, hábitos, gerando alívio de sintomas e uma melhor qualidade de vida.

    Quando ouvimos então sobre o processo terapêutico da cognitivo-comportamental, reconhecer crenças e mudar pensamentos e conseqüentemente, comportamentos, parece ser algo muito fácil. E para muitos, passa a ideia de que o tempo de tratamento é curto. No entanto, não temos como mensurar o tempo que cada indivíduo levará para responder às abordagens. Tratar o emocional demanda empenho e persistência. Agora, quando o paciente está implicado nas atividades terapêuticas, não apresenta demasiada resistência, ele percebe uma melhora significativa nos primeiros meses, porém, não pode abandonar a terapia nesse momento, pois se faz necessário desenvolver atividades externas para assegurar-se que possui “instrumentos” emocionais suficientes para seguir sozinho. A proposta da Terapia Cognitivo-Comportamental é que: o paciente estando motivado à mudança busque viver sendo uma melhor versão de si mesmo.

     

    Dra. Ana Claudia Poerner - CRP: 07.10114

    Psicóloga Cognitivo-Comportamental

     

    Formação:

    Graduação em Psicologia pela Universidade Regional Integrada (URI) – conclusão em 1998

    Especialização em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental pelo Instituto WP em Porto Alegre.

    Há 20 anos exercendo a profissão. Atendimento a adolescentes e adultos. 
     
    Participação em Congresso:
    -  26 e 27 de Abril/19 - IV Congresso Multidisciplinar de Saúde em Fortaleza,  como integrante da banca avaliadora de trabalhos científicos
    - (próximo) 22 a 24 de Agosto/19 - III Congresso Wainer de Psicoterapias Cognitivas em Gramado 
     
    Cursos e aperfeiçoamento:
    - Abril/19 Diversidade Sexual e de Gênero em Porto Alegre
    Junho/19 Violência Sexual contra crianças e adolescentes em Ijuí
    Agosto/19 Suicídio, Uso de substância e violência - Manejo de crise
     

     

  • Psiquiatria e Psicoterapia

    PSIQUIATRIA

    A psiquiatria consiste em uma especialidade médica que trata das doenças da mente relacionadas aos sentimentos e às emoções. Constitui a área da medicina que atua na prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimento mental, sejam elas de cunho orgânico ou funcional.

    Busca o alívio do sofrimento e o bem-estar psíquico. Para isso, é necessária uma avaliação completa do paciente, com perspectivas biológica, psicológica e de ordem cultural/social. Uma doença ou problema psíquico pode ser tratada(o) com medicamentos ou terapêuticas diversas, como a psicoterapia.

    Serviços oferecidos

    -Tratamento de doenças como: depressão, ansiedade, transtorno do pânico, transtorno obsessivo compulsivo, bulimia e anorexia, transtorno de estresse pós-traumático, fobias, transtorno afetivo bipolar, transtorno de personalidade, esquizofrenia.

    -Avaliação psíquica prévia a procedimentos como cirurgia bariátrica, transplante renal/hepático, laqueadura/vasectomia.

    -Avaliação de sanidade mental para admissão em emprego (serviço público ou privado).

     

    PSICOTERAPIA DE ORIENTAÇÃO ANALÍTICA

    A psicoterapia de orientação analítica ou psicoterapia psicanalítica, como também é chamada, fundamenta-se, como referencial teórico, na psicanálise. Parte de uma premissa básica que é a existência de um inconsciente e que este rege uma parte importante do nosso comportamento, decisões e sentimentos. Muitas vezes o paciente apresenta um comportamento repetitivo prejudicial e tem dificuldade de compreendê-lo sozinho ou mesmo de modificá-lo, justamente por tratar-se de um padrão inconsciente.

    Em um processo psicoterapêutico, por meio da escuta cuidadosa do discurso do paciente e das interpretações e intervenções do terapeuta, a experiência traumática pode ser elaborada pelo psiquismo e deixar de se apresentar de maneira repetitiva, incompreensível e dolorosa ao paciente. É importante ainda ressaltar que tudo isso se dá de maneira lenta e gradual tendo como base a relação entre o paciente e o terapeuta. A forma como o paciente se relaciona com seu terapeuta ao longo da psicoterapia também diz muito a respeito de como ele se relaciona com o mundo externo. Sendo este um instrumento de trabalho importantíssimo.

    A psicoterapia de orientação analítica é capaz de realizar mudanças definitivas no comportamento por entrar em contato com o conflito em si, que pode ser a causa dos sintomas atuais.

    É recomendável que a psicoterapia tenha uma frequência mínima semanal.

    Indicações para Psicoterapia de Orientação Analítica

    As indicações para psicoterapia são diversas e incluem, principalmente, um sofrimento psíquico, e vontade de compreendê-lo para possibilitar mudanças e alívio dos sintomas.

    Exemplos:

    - Dificuldades emocionais relacionadas a mudanças no ciclo vital como: adolescência, início da vida adulta e suas responsabilidades, saída da casa dos pais, dificuldades no casamento, nascimento dos filhos, saída dos filhos de casa (“síndrome do ninho vazio”), aposentadoria e envelhecimento;

    - Traumas infantis que repercutem nos dias atuais;

    - Comportamento autodestrutivo;

    - Doença orgânica pessoal ou de algum familiar próximo;

    - Dificuldade em lidar com determinada mudança: emprego, cidade, término de relacionamento;

    - Transtorno de personalidade;

    - Luto patológico.

     

    Dra. Caroline Ribeiro 

    CRM: 36025 / RQE 29146- Psiquiatra e Psicoterapeuta

     

    Formação

    Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

    Residência Médica em Psiquiatria pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)/ Hospital de Clínicas de Porto Alegre

    Especialização em Psicoterapia de Orientação Analítica pelo Centro de Estudos Luís Guedes em Porto Alegre.

     

GD